Comissões e GTs

GRUPO DE TRABALHO POPULAÇÕES (IN)VISIBILIZADAS E DIVERSIDADES

Contato: [email protected]
Coordenação: Gustavo Antonio Raimondi,  Ademir Lopes Junior, Júlia de Matos Rodrigues de Souza

Histórico: a proposta de criação do Grupo de Trabalho (GT) Populações (In)Visibilizadas e Diversidades ocorreu durante o 57º Cobem, realizado em 2019 em Belém (PA). Durante o evento, identificou-se a necessidade de promover maior visibilidade à temática das diversidades e populações (in)visibilizadas dentro dos eventos da Abem e da própria educação médica. Destaca-se que essas inquietações já ocorriam ao longo edições anteriores do congresso.  
A fim de iniciar os trabalhos do GT com as pessoas presentes no 57º Cobem, foi proposta uma divisão de ações por eixos temáticos, os quais podem ser ampliados e modificados ao longo do processo, para articular proposições entre as/os interessadas/os em cada temática. Consideraram-se possíveis representações identitárias, áreas de expertise e atuação das pessoas presentes, tentando incluir pelo menos um/a/e educando/a/e e educador/a/e em cada eixo.
Em reunião com membros da diretoria da Abem, realizada em janeiro de 2020, compreendeu-se que o grupo de WhatsApp do GT poderia compor uma comunidade de práticas, aberta a todas/os as/os interessadas/os em debater o tema. Segundo Wenger, “comunidades de prática são grupos de pessoas que compartilham uma preocupação ou uma paixão por algo que fazem e aprendem como fazê-lo melhor à medida que elas interagem regularmente”.
A partir dessa concepção, foram aprimoradas as ações e proposições do GT com a Abem e suas Regionais.

Objetivos: promover visibilidade e articular ações (pesquisa, ensino e extensão universitária) com a Abem e os espaços de educação médica sobre os temas de raça, etnia, gênero, sexualidade, e suas interseccionalidades e aprofundar o debate sobre populações negligenciadas e invisibilizadas socialmente como: população negra, indígena, mulheres, LGBTQIA+, privada de liberdade, em situação de rua, ribeirinha, quilombola, rural, cigana, imigrantes, refugiados humanitários e pessoas com deficiência; e buscar aproximação com movimentos sociais e identitários. 

Eixos de trabalho:

  1. Eixo População Negra
  2. Eixo Povos Indígenas
  3. Eixo Mulheres
  4. Eixo População LGBTQIA+
  5. Eixo Pessoas Privadas de Liberdade
  6. Eixo População em Situação de Rua
  7. Eixo População Ribeirinha
  8. Eixo População Quilombola
  9. Eixo População Refugiada

Materiais:
Ata de criação
Relatório Comunidades de Práticas
Editorial RBEM

COMISSÃO DE ATUALIZAÇÃO DE ESTATUTO E REGIMENTO

Comissão nomeada com um representante de cada Regional da Abem, encarregada de produzir uma proposta para atualização do Estatuto da Abem, bem como do Regimento Geral e do Regimento Eleitoral. As propostas são apresentadas ao Conselho Diretor, ao Conselho de Administração e à Assembleia Geral da Abem. 

Composição: Aída Regina Monteiro de Assunção – docente RJ/ES; Carlos Eduardo Mers – discente Sul II; Danilo Amorim – residente Centro-Oeste; Douglas Vinicius Reis Pereira – discente MG; José Antonio Cordero – docente Norte; Maria Isabel Assis Viassus – discente Nordeste; Sandro Schreiber de Oliveira – discente Sul I; Victor Evangelista de Faria Ferraz – docente SP (presidente da comissão).

Conteúdos Relacionados

Conheça a ABEM

Notícias Recentes