Internato

Em 2012, a Abem, com o apoio do Ministério da Saúde, desenvolveu o projeto “Abem 50 anos – 10 anos de DCN”, priorizando o eixo do internato. A partir do diagnóstico sobre as condições do internato das escolas médicas brasileiras à ocasião, alcançou-se a definição de diretrizes nacionais, com a pactuação e validação das atividades, por área e por cenário de prática, a serem realizadas pelo interno para atingir as competências gerais e específicas, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2001.


As DCN revisadas em 2014 trouxeram vários elementos inovadores com relação ao internato em medicina, de modo especial nas áreas de urgência e emergência, saúde da família, saúde mental e saúde coletiva, além de melhor explicitar algumas especificidades dos internatos das áreas de clínica médica, pediatria, cirurgia e ginecologia e obstetrícia. 


A oferta de internatos que atendam às necessidades de saúde da população é um interesse dos Ministérios da Educação e da Saúde. A maioria das escolas, incluindo aquelas do movimento de expansão, está iniciando em 2019 e 2020 seus internatos de acordo com as DCNs de 2014. Assim, identificamos como oportuno e prioritário retomar o movimento de aproximação, diagnóstico situacional e repactuação de Diretrizes Nacionais do Internato, de forma integrada com os demais projetos da Abem, em parceria com as escolas associadas e buscando apoio governamental.

Conteúdos Relacionados

Conheça a ABEM

Notícias Recentes